segunda-feira, 2 de dezembro de 2019

Uma parábola de Natal


Luzes de Natal, em Petrópolis, fotografia: Lux

Papai Noel, como sabemos, existe há muito tempo. E é uma figura universal: ele vai aos mais longíquos lugares, sempre disposto a ouvir os pedidos das crianças e, quando possível, atendê-los. Foi assim que um dia o bom velhinho se viu naquela longíqua e perturbada região do mundo conhecida como Oriente Médio. E lá, perto de uma aldeia, encontrou um menino que brincava. Sem demora, dirigiu-se a ele:
- Meu filho, sou o Papai Noel. Tiveste sorte: já que te encontrei, estou disposto a satisfazer um desejo teu. Diz-me, portanto, o que queres.
O menino não respondeu: fitava-o, em silêncio. Perturbado, o Papai Noel insistiu:
- Vamos lá, diz o que desejas. Para outros, faço restrições, mas a ti estou disposto a fazer concessões especiais. O que queres? Brinquedos? Mesa farta? Quem sabe uma casa nova para ti e teus pais?
- De que adianta a alguém - replicou o menino - ganhar o mundo inteiro, se perde a si mesmo?
A resposta deixou o Papai Noel perturbado. Esperava uma lista comprida de pedidos, não uma ponderação como a que acabava de ouvir. Mas não podia perder a compostura: afinal, era uma figura pública. Optou por ignorar as palavras do menino. Apontando-lhe a roupa modesta, propôs:
- Que tal um traje novo? Heim? Que me dizes? Posso te arranjar um de excelente tecido.
- Observa - disse o jovem - os lírios do campo, que não fiam nem tecem. E contudo, eu te digo: nem mesmo o rei Salomão, com toda sua pompa, se vestiu como um deles.
A esta altura, Papai Noel estava francamente perplexo - e alarmado:
- Escuta, esta tua atitude não leva a nada. Deste jeito, nunca conseguirás coisa alguma. Serás pobre, passarás fome...
- Bem aventurados os pobres - exclamou o menino -, porque deles é o reino de Deus. Bem-aventurados os que têm fome, porque serão saciados.
Com o que Papai Noel resolveu desistir e ir embora. Ali nada tinha a fazer. Era mesmo um menino muito estranho, aquele Jesus de Nazaré.


(conto de Moacyr Scliar, no livro Mamãe não dorme enquanto eu não chegar)

quinta-feira, 4 de outubro de 2018

quinta-feira, 7 de dezembro de 2017

Retiro da Virada


De segunda dia 26 a 30 de dezembro, dando adeus a 2017 e acenando para o novo ciclo de 2018 com energia e alegria, Douglas e Roberta realizarão o RETIRO DA VIRADA. Um retiro urbano que coloca em prática o que é sempre a intenção da Casinha PAz e do Ponto de Leitura Conto a Conto: ser um lugar de encontro, convivência, colaboração e consciência no meio da cidade. Inscrições: dpedra@gmail.com

A imagem no cartaz é de uma amoreira - nossa árvore de quintal, nosso pequeno quintal. E ela está carregada! Bom sinal! Superou os parasitas, as intempéries, o pequeno espaço, as chonchonilllas, e agora esbanja saúde! A energia que envolve a casa ajuda nessa cura. Os encontros de meditação com deeksha toda terça 20h, as terapias, as constelações sistêmicas e familiares, o reiki, os oráculos, os livros na roda, as leituras e livros compartilhados, os encontros todos, somam e transbordam amor e cuidado. Somos profundamente agradecidos!

Participe dessa construção!
Gratidão!

quarta-feira, 23 de agosto de 2017

Dois lançamentos de livros em setembro: Cizinho Afreeka e Vinicius Varela

O mês de setembro promete. E promete muita poesia com dois lançamentos de livros. 
No dia 1 de setembro será o lançamento - com direito a sarau - do livro Desakato Lírico, de Cizinho Afreeka, pela Ciclo Continuo Editorial, que contará com a participação de vários poetas e artistas como Ele Semog, Santoz - que também assina a produção musical - , Juh de Paula e Glória Greice, acompanhadas pelo violonista Rafael Ribeiro. E ainda a participação especial do grupo de rap Família Zero Bala. 
E no dia 4 é a vez do poeta Vinicius Varela com seu São poucos os homens que ainda acreditam em baleias, publicado Patuá, que contará com a leitura de vários poetas, entre eles, além do próprio Vinicius, Ramon Nunes Mello, Atile Alberto Muniz, Thadeu Santos e Nuno Rau.

Falaremos mais adiante sobre cada um dos poetas e suas novas publicações. Por hora, fica o convite para os lançamentos com suas leituras e saraus! A Casinha PAz espera por cada um com muita poesia, música, ambiente confortável, quitutes e bebidas para celebrar e alimentar o necessário e urgente debate. Inté lá.




Respiração com Douglas Pedra tem novo encontro nessa quarta-feira


"A maior dificuldade que me relatam envolvendo a respiração é a dificuldade de modificar o padrão em que o corpo se acostumou a respirar.
Isso acontece porque a respiração reflete aquilo que foi aprendido ao longo da vida, inclusive os bloqueios e padrões construídos e constituídos no corpo a partir das experiências vividas.
Esses condicionamentos estão definindo seu jeito de respirar nesse exato momento e por causa disso acabam definindo grande parte da sua experiência quotidiana.
Mas você pode mudar isso através da prática da Respiração Consciente ou Conectada, que é uma das formas mais eficazes que existem para conseguir essa mudança e para criar novas possibilidades a partir da energia da respiração.

O corpo tem a chave para a consciência e suas modificações.
Para sua vida mudar, são necessárias transformações na forma como você lida com os pensamentos e as emoções e, especialmente, é preciso modificar os registros gravados no corpo físico.
Isso só é possível por meio de processos sutis que levam você a acessar esses registros e também mobilizam internamente energia suficiente para provocar tais mudanças.
O trabalho com a Respiração conectada tem esse poder e atua diretamente sobre o que impede você de viver uma vida plena, saudável e em paz.
Os benefícios associados à prática são:

  • -Superação de traumas e bloqueios emocionais;
  • -Capacidade de desenvolver pensamentos criativos e saudáveis;
  • -Resgate da auto-estima e da alegria de viver;
  • -Determinação e força de vontade para a tomada de decisões;
  • -Aumento da energia corporal;
  • -Regularização das funções orgânicas;
  • -Transformação de padrões comportamentais limitantes.


Nessa quarta-feira, dia 23, vamos ter um encontro de Respiração em grupo no Catete, às 19h30 e você já pode se inscrever e participar.
Um grande abraço e nos vemos lá!" 

Douglas Pereira Pedra

Novo encontro de Constelações Xamanicas

Constelação Familiar é um método terapêutico que visa identificar emaranhados familiares profundos que estão trazendo situações problemáticas na vida de uma pessoa, muitas vezes sem esta ter consciência do que está impedindo-a de ter êxito e equilíbrio em determinadas situações.

Na constelação tudo é visto pela alma, através do campo morfogenético, que nos permite olhar para a situação e sair dos sintomas, como: medo, ansiedade, angústia, dentre outros. 
Os desequilíbrios que experienciamos em nossas vidas, estão vinculados a acontecimentos que nossos antepassados não "concluiram", formando assim um emaranhado nos fios invisíveis os quais estamos ligados a todo sistema familiar. Esses emaranhados aparecem para nós através de brigas, escassez, doenças, falta de dinheiro, perdas e até morte.

Venha fazer parte desse movimento de cura!


Neste sábado a tarde.
Com vaga para constelar. Para isso entrar em contato pelo telefone direto de Luane.
Confirmem. Vagas limitadas.

sexta-feira, 28 de julho de 2017

Livros na Roda do mês de Julho será na segunda dia 31


Divulguem essa roda. Participe e chame seus amigos! Os tempos carecem de trocas, de diálogos, de leitura, de pensar junto, de confraternizar, de buscar soluções, saídas. Saia da caixa, de frente da tv, da frente da telinha do computador, do tablet e traga seu celular para passear. Venha com um livro um texto ou uma frase na cabeça, um poema de guardanapo, mas venha. Se nao tiver, temos um monte de livros aqui para inspirar voce. Ou apenas ouça observe deleite-se com a seleção de textos e livros que virão para essa roda. Mas venha, precisamos da sua presença, do seu olhar! 
Nosso chá e café com bolo de milho será servido às 18h em ponto! =] beijo.