segunda-feira, 8 de setembro de 2008

Uma Canção Excêntrica

Ando à procura de espaço
para o desenho da vida.
Em números me embaraço
e perco sempre a medida.

Se penso encontrar saída,
em vez de abrir um compasso,
projeto-me num abraço
e gero uma despedida.

Se volto sobre o meu passo,
é já distância perdida.

Meu coração, coisa de aço
começa a achar um cansaço
esta procura de espaço
para o desenho da vida.

Já por exausta e descrida
não me animo a um breve traço:
- saudosa do que não faço,
- do que faço, arrependida.

[Cecília Meireles]
[Ilustração: Catia Chen]

3 comentários:

Ricardo disse...

Tambem estou numa semana poética.
Fiz uma seleção de Fernando pessoa.
Vou passar a te visitar

lucinha disse...

Música foi meu primeiro namoro com a poesia! Então, penso, que suas semana s poéticas são todas...
quanto ao fernandinho, adoro esse "gajo"! sem nada e com tantos sonhos! tem um site que tem toda a obra dele disponível e em domínio público! vou te enviar o endereço!;*

Ricardo disse...

É uma maravilha, lucinha....
Fiz uma seleção de quadras :)

Eu ainda não digeri muito bem os outros fernandos (Alberto Caeiro e cia) mas o Pessoa é muito doce.