terça-feira, 14 de outubro de 2008

O Velho e o Neto

Era uma vez um velho muito velho, quase cego e surdo, com os joelhos tremendo. Quando se sentava à mesa
para comer, mal conseguia segurar a colher. Derramava sopa na toalha e, quando, afinal, acertava a boca,deixava sempre cair um bocado pelos cantos.
O filho e a nora dele achavam que era uma porcaria e ficavam com nojo. Finalmente, acabaram fazendo o velho se sentar num canto atrás do fogão. Levavam comida para ele numa tigela de barro e - o que era pior - nem lhe davam bastante.

O velho olhava para a mesa com os olhos compridos, muitas vezes cheios de lágrimas.
Um dia, suas mãos tremeram tanto que ele deixou a tigela cair no chão e ela se quebrou.

A mulher ralhou com ele, que não disse nada, só suspirou.
Depois ela comprou uma gamela de madeira bem baratinha e era aí que ele tinha que comer.

Um dia, quando estavam todos sentados na cozinha, o neto do velho, que era um menino de oito anos, estava brincando com uns pedaços de pau.
- O que é que você está fazendo? - perguntou o pai.
O menino respondeu:
- Estou fazendo um cocho, para papai e mamãe poderem comer quando eu crescer.

O marido e a mulher se olharam durante algum tempo e caíram no choro. Depois disso, trouxeram o avô de volta para a mesa. Desde então passaram a comer todos juntos e, mesmo quando o velho derramava alguma coisa, ninguém dizia nada.

[Irmãos Grimm
Tradução Ana Maria Machado
ilustração: Norman Rockwell]

5 comentários:

Felipe disse...

Conhecendo o céu azul
Certo dia um menino chamado vitinho resolvel ir a sitio .
Chegando lá resolvel escrever um poema que falava sabre o que tinha e o que passava no céu
Então olhou ao céu e começo a escrever seu poema
Logo depois avistou uma ave media bem verde com duas listras vermelhas e brancas e se apaixonou pela ave que era um papagaio .
Então segui até que o papagaio pousasse então vitinho correu lá e perguntou :
-Amigo papagaio você e muito bonito me apaixonei por você vamos pra cidade morar com migo?
O papagaio respondeu :
- amigo querido vou com você se prometer pra mãe natureza que não vai prender em uma gaiola .
Vitinho falou :
- se você prometer que não vai embora .
-tudo bem querido !!!
Então os dois até hoje estão morando juntos na cidade .





AUTOR : Luiz Felipe de Oliveira Ferreira

Unknown disse...

Cite o trecho que justifica o termo segregação

Simone Loveira disse...

Qual atitude do menino seu consciência aos pais sobre a situação do avô

Simone Loveira disse...

Qual atitude do menino seu consciência aos pais sobre a situação do avô

Simone Loveira disse...

Cite o trecho que justifica o termo segregação